Dono da Fraude TelexFree condenado a 6 anos de Prisão

Julgamento fraude TelexFree James MerrillJames Merril da fraude TelexFree foi condenado a 6 anos de prisão. Também vai ter que devolver dinheiro ganho com Esquema em Pirâmide.

No dia 22 de março de 2017, o Tribunal Federal de Massachusetts condenou um dos donos da fraude Telexfree, o norte-americano James Merril a uma pena de seis anos de prisão e também terá que devolver os 140 milhões de dólares em bens e dinheiro, ganho através do esquema em pirâmide.

A TelexFree foi um dos maiores esquemas em pirâmide de sempre disfarçados de Marketing Multinível. Enganou cerca de 2 milhões de pessoas em mais de 3 mil milhões de dólares, usando como produto fachada o VOIP, que a maior parte dos membros não usavam.

James Merrill condenado pela fraude TelexFree nos EUA

Mais de 50 pessoas assistiram foram ao Tribunal de Worcester, em Massachusetts (EUA), para ouvir o Juíz Timothy Hillman divulgar a sentença, que foi maior do que do que um ano pedido pelos advogados do chefe do esquema James Merrill,  mas muito menos do que os 10 anos que os Procuradores tinham pedido.

James Merrill, de 54 anos, cuja mulher, filhos e amigos estavam na sala de audiências, pediu desculpa ás suas vítimas antes de ser declarado culpado.

“É horrível e não tenho palavras que eu possa dar a essas pessoas pelo que sofreram”, disse ele. “Sinto muito por todo esse desastre.”

Durante a audiência, o Advogado de James Merrill tentou convencer o Juíz que o seu cliente não foi o cérebro do maior esquema em pirâmide alguma vez condenado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Os Procuradores disseram que o parceiro na fraude de James Merrill, o Brasileiro Carlos Wanzeleragora fugitivo no Brasil – foi o principal responsável no crime. Mas, James Merrill também foi responsável pela fraude porque não fez nada para parar, não reportou ás autoridades a fraude assim que se tornou viral. Teve culpa e lucrou com crime.

Gladys Vega, Diretora da Organização sem fins lucrativos Chelsea Collaborative, disse que a fraude TelexFree tem sido devastadora para os imigrantes que trabalham. “Este homem tirou os sonhos das pessoas“, disse ela, deixando algumas pessoas dormindo em sofás enquanto ele foi autorizado a ficar com a sua família por quase três anos. Diante de James Merrill disse “Você deve ser encarcerado para o resto da vida“.

A TelexFree era um Esquema em Pirâmide, que usava o VOIP como produto fachada para disfarçar a fraude. Praticamente ninguém usava o VOIP. Serviu só para enganar as pessoas e evitar problemas com as autoridades durante alguns meses. Em abril de 2014 declararam falência, mas ao descobrir que era uma fraude as autoridades dos EUA foram até ao escritório alugado da fraude TelexFree em Marlborough.

Com o colapso da TelexFree, o Brasileiro Carlos Wanzeler fugiu dos EUA para o Brasil. No início de janeiro de 2017, Wanzeler mandou um cúmplice aos EUA, para transferir o dinheiro para contas offshore em Hong Kong, onde o dinheiro iria ser “lavado” e enviado para o Brasil.

O Tribunal agora vai iniciar o processo através do qual o Governo dos EUA vai libertar ao Administrador da falência cerca de 167 milhões de dólares em ativos apreendidos do esquema e dos seus principais burlões. O Administrador de falências está neste momento a processar dezenas de milhares de reivindicações de pessoas que perderam dinheiro.

  • Partilha!!